Quem diria, a poderosa Google contratou um gerente de SEO

Em uma postagem recente no Google Carrers, foi informado que a toda poderosa Google está contratando um especialista em SEO para gerenciar o seu programa de Search engine optimization.

O profissional de SEO tem como função  desenvolver estratégias para melhorar o posicionamento de um site nos sites de busca – ou seja, como o próprio Google. Contratando alguém para trabalhar na própria empresa, o Google tentaria melhorar os resultados de quem pesquisa “Google” no próprio site.

“Como gerente de programa para SEO técnico, você trabalhará com equipes funcionais de diversas equipes, passando por Marketing, Vendas, Desenvolvimento de Produto, Engenharia e outras para ajudar a dirigir o tráfego orgânico e crescimento do negócio. Você atuará no desenvolvimento e otimização do site, ajudar a moldar o blog e estratégia social, melhorar a higiene do código do site e definir a arquitetura web para websites internacionais”, é a descrição da vaga.

Entre as qualificações necessárias, o Google requer: ensino superior completo em Ciência da computação, engenharia ou experiência prática equivalente; 4 anos de experiência desenvolvendo sites e aplicativos com SQL, HTML5 e XML; experiência com o Google App Engine, Google, Custom Search, Webmaster Tools e Google Analytics e manutenção de programação de projetos usando sistemas de gerenciamento, entre outras. O escolhido trabalhará em tempo integral na sede do Google, em Mountain View, Califórnia, nos Estados Unidos.

 servicos-seo-o-que-e-seo-03

Especialista em SEO e Gerente de mídias sociais estão entre as carreiras que equilibram vida pessoal e profissional

trabalhoxvida

Os profissionais que trabalham como gerente de mídias sociais e especialista em SEO estão entre os que tem a carreira que que equilibram melhor a vida pessoal e profissional de acordo com um relatório feito pelo portal de empregos, Glassdoor, esses são alguns dos 20 empregos que mais oferecem equilíbrio entre a vida pessoal e profissional.

Confira o TOP 10 das carreiras que equilibram vida pessoal e profissional

1º Cientista de dados

Com 4.4 pontos, o cientista de dados lidera o ranking de profissões que mais oferecem equilíbrio entre vida pessoal e profissional. Além disso, cerca de 74% dos funcionários dizem que o negócio pode melhorar, enquanto apenas 5% se mostram pessimistas em relação ao futuro.

2º Especialista em SEO

Ocupando o segundo lugar na classificação, os especialistas em SEO têm pontuação de 4.3 na avaliação. 75% dos trabalhadores na área afirmam que ela ainda pode melhorar, contra 11% que acreditam que o setor pode piorar.

3º Guia de turismo

O guia turístico alcançou pontuação de 4.3 pelos avaliadores, e 59% dos funcionários estão otimistas em relação ao negócio. 7% acreditam que o negócio pode piorar

4º Salva-vidas

Em quarto lugar, o emprego de salva-vidas foi avaliado com 4.3 pontos. Na pesquisa, 33% dos trabalhadores do ramo afirmam que o setor pode melhorar, e 0% pensa que irá piorar.

5º Gerente de mídias sociais

Também com 4.3 pontos, o trabalho do gerenciador de mídias sociais ocupa a quinta posição no ranking. E enquanto 76% se mostram positivos em relação ao setor, 10% dos trabalhadores do setor acreditam que o negócio deve piorar no futuro.

6º Instrutor de fitness em grupo

Trabalhar em uma academia pode trazer uma série de vantagens, como horários flexíveis e a possibilidade de malhar de graça. Com 4.2 na classificação, cerca de 43% dos empregados na área acreditam que ela deve melhorar, enquanto 13% estão pessimistas em relação ao futuro.

7° Designer de UX (Experiência do Usuário)

Com 4.2 nas avaliações, os designers de experiência do usuário alcançam a sétima posição no ranking e contam com 60% otimistas em relação ao negócio. Já 15% pensam que o setor deve decair.

8º Comunicação Corporativa

Comunicação corporativa tem o oitavo lugar na classificação, com 4.1 pontos. De acordo com a pesquisa, 56% dos que trabalham na área se mostram positivos com o setor, contra 6% que afirmaram estar pessimistas.

9º Bombeiro

Os bombeiros ganharam o nono lugar nas avaliações e tiveram pontuação de 4.1. Aproximadamente 47% pensam que o campo deve melhorar. 17% estão pessimistas em relação a esse trabalho no futuro.

10º Corretor de ações

A décima colocação fica com o corretor de ações, que alcançou 4.0 pontos nas pesquisas. Cerca de 38% dos funcionários estão otimistas com o setor. No entanto, outros 38% também acreditam que o cenário pode piora

Dicas para ganhar dinheiro em seu site através do Google Adsense

Se você está em busca de uma forma de monetizar o seu site ou blog a plataforma Google Adsense, é a mais estável e básica, é o caminho inicial para qualquer pessoa que pensa em ganhar dinheiro na internet.

Seguindo alguns passos básicos, é possível ter uma receita com a plataforma, mas ao passar do tempo, o webmaster deseja aumentar mais ainda os seus rendimentos.

Com base nesta necessidade, compartilhamos algumas dicas iniciais para você ganhar mais dinheiro com o Adsense. Vamos lá?

Conheça as áreas quentes do Google Adsense

A primeira regra que você deve seguir é que a área reservada onde você exibe o seu bloco de anúncio influencia diretamente na sua receita. Isto porque o Adsense exibe os anúncios que pagam mais nas áreas mais nobres, que são mais próximas do topo do seu website e que tendem a receber mais cliques.

Se você desenvolveu um site para ganhar com adsense e seu objetivo é esse, coloque-o em posições estratégicas! Observe a figura abaixo:

map-for-adsense

 

Você conseguirá uma CTR muito mais alta se colocar seus anúncios nas posições de cores mais escuras. Porém, se o seu objetivo principal não é lucrar com adsense, tome cuidado com essa posições!

Quantidade de Anúncios

Funcionamento do Leilão

Não utilize muitos anúncios em suas páginas pois o programa do Adsense funciona como um leilão de áreas. O programa funciona como se fosse um leilão e para aparecer nas primeiras posições, o anunciante geralmente deve desembolsar uma quantidade maior de dinheiro por clique. Assim, quanto menor o número de espaços de anúncios na página, maior a chance de o usuário clicar na propaganda que oferece um valor de clique mais alto.

Excesso de blocos próximos

Ainda sobre a quantidade de anúncios você precisa estar atento em não inserir muitos blocos próximos, pois eles acabam competindo pela ação do usuário. Uma boa ideia é posicionar o anúncio ao redor de conteúdo, normalmente próximo ao início do conteúdo da página.

Formatos, posições e design

Utilize formatos retangulares sempre que possível. Eles geralmente possuem uma CTR maior porque não há muitas quebras de linhas no texto , facilitando a leitura do usuário e aumentando os clicks naturalmente. Além disso, eles tem uma altura razoável que permite um bom número de anúncios de texto ou outros tipos de propaganda, como uma apresentação flash por exemplo (muito comum pra esse tipo de formato, e geralmente com uma boa conversão e CPC alto).

Faça com que sua propaganda pareça parte do seu site. Mescle ao conteúdo, faça um design semelhante a sua barra de navegação se for possível. Uma dica é posicionar o anúncio acima do conteúdo, pois aumenta a chance de um usuário clicar nele.

Design

Umas das técnicas que geram um maior aumento da CTR é tirar a borda do anúncio. Isso pode ser feito colocando a cor da borda igual do background do anúncio e do site.

Outro modelo de otimização de design do anúncio é testar alguma variações de background do mesmo. Tente fazer um leve contraste, entre o fundo do seu site e o anúncio. Veja os resultados do Google, ele possui um leve tom pastel de amarelo/laranja. Esta pequena mudança aumentou muito o CTR da empresa.

Formato

Outra dica legal também é que anúncios de texto são bem mais lucrativos que imagens, então quando possível, aproveite e deixa apenas que anúncios de texto apareçam.

Conteúdo

Faça páginas com conteúdo bem definido. Se você está fazendo uma página do assunto “SEO gratis”, coloque essa keyword na URL, title tag, meta tags , header tags, etc. O Adsense é uma propaganda contextual e se você não tem um conteúdo bem definido, ele pode exibir propagandas aleatórias e você ter uma CTR muito baixa.

Qual é a melhor plataforma CMS para criar o seu site?

MAGENTO-Drupal-Joomla-WordpressTer um site atualmente é fundamental para qualquer empresa e poucos sabem mas, hoje em dia é possível criar o site de sua empresa de uma forma muito simples e intuitiva sem que tenhamos de ser conhecedores de linguagens de programação. A facilidade de edição permite que nos concentremos mais nos conteúdos.

E isso é possível através dos sistemas CMS que é a sigla para Content Management System, ou em bom português, Sistema Gerenciador de Conteúdo que tem como objetivo facilitar a criação, edição, publicação e distribuição de informação. De forma resumida e simples o CMS é como um esqueleto de um web site, necessitando apenas que você preencha este esqueleto com conteúdo, que é a informação que você deseja compartilhar.

Algumas características presentes na maioria dos CMS modernos:

  • Suporte a múltiplos usuários (registro, gerenciamento e atribuição de papéis a vários usuários).
  • Edição de conteúdo facilitada.
  • As funcionalidades iniciais podem ser ampliadas ou novas podem ser adicionadas através de plugins e/ou módulos.
  • Gerenciamento e controle de documentos através de publicação, revisão, arquivamento e eliminação de documentos.
  • Camada de apresentação gerenciada através de templates, permitindo a troca rápida da interface independente do conteúdo.
  • Controle de Fluxo. Por exemplo, um usuário pode enviar um artigo para um site, mas este não é publicado imediatamente, até que seja revisto por um editor e depois aprovado por um editor-chefe.

Os principais sistemas CMS utilizados atualmente são Joomla, Wordpress, Magento e Drupal, e nós separamos as principais características dessas três ferramentas para você escolher a que melhor se adaptam as suas necessidades

Joomla:

O Joomla! é um dos melhores sistemas de gerenciamento de conteúdo da atualidade. Ele é utilizado em milhões de sites em todo mundo e foi desenvolvido no formato open source. A sua flexibilidade permite atender desde sites para pequenas/médias empresas e grandes projetos como portal do MEC, Museu do Futebol, Porsche Brasil e outros.

WordPress:

O WordPress é um sistema open source utilizado em milhões de sites em todo mundo. Existem vários modelo de sites prontos que permitem a usuários sem conhecimento técnico aprenderem a gerenciar um site em poucas horas.

Magento:

Magento é uma plataforma de código aberto (open source) para lojas virtuais. Ele ficou conhecido mundialmente pela rápida adoção de milhares de lojas virtuais de pequeno porte, pela facilidade e flexibilidade, além de dar a essas lojas um aspecto profissional e repleto de funcionalidades encontradas antes apenas nas melhores soluções pagas do mercado.

Drupal:

O Drupal é baseado na filosofia de colaboração de software livre através do código aberto, bem como é liberado sob a licença GPL ele possui código aberto e é construído e suportado sob outros projetos de código aberto, codificado na linguagem de código aberto PHP. Os layouts dos sites em Drupal vêm de “temas”, cuja apresentação visual é descrita em CSS padrão ele hospeda centenas de temas livres, totalmente personalizáveis​​, incluindo vários “temas base” para ajudá-lo a iniciar seus próprios projetos.